A PALAVRA de Deus, hoje

ANA pronunciou esta prece:

“Exulta o meu coração no Senhor, nele se eleva a minha força;

A minha boca desafia os meus adversários,

Porque me alegro na vossa salvação.

Ninguém é santo como o Senhor. Não existe outro Des, além de vós, nem rochedo semelhante ao nosso Deus.

Não mltipliqueis palavras orgulhosas,

Não saia da vossa boca linguagem arrogante,

Porque o Senhor é um Deus que tudo sabe; por ele são pesadas as ações.

Quebra-se o arco dos fortes, enquanto os fracos se revestem de vigor.

Os abastados se assalariam para ganharem o que comer,

Enquanto os famintos são saciados.

Sete vezes dá à luz a estéril,

Enquanto a mãe de numerosos filhos enlanguesce.

O Senhor dá a morte e a vida,

Faz descer à habitação dos mortos e de lá voltar.

O Senhor empobrece e enriquece; humilha e exalta.

Levanta o pó o mendigo, do esterco retira o indigente,

Para fazê-los sentar-se entre os nobres

E outorgar-lhes um trono de honra,

Porque do Senhor são as colunas da terra.

Sobre elas estabelece o mundo.

(1Sm 2, 1-8)

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

FAB CONTINUA na guerra contra o narcotráfico no RJ

DESDE O DIA 25 de novembro três aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) estão engajadas no apoio logístico à operação de combate ao narcotráfico, no Rio de Janeiro. O engajamento foi determinado pela Diretriz Ministerial número 14/2010, assinada pelo Ministro da Defesa, Nelson Jobim.  Duas aeronaves H-34 Super Puma e uma aeronave H-1H realizam apoio à Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) em missões de transporte de policiais para ação de atiradores e para observação e reconhecimento em áreas dominadas por criminosos.

Para dar suporte a esse esforço aéreo, diariamente, 120 militares da Força Aérea atuam em atividades Operacionais e de Comando e Controle em diferentes unidades da FAB no Rio. Embora a missão da FAB seja prover apoio à PMERJ, as aeronaves H-34 e H-1H estão equipadas, durante todo o tempo em que estão engajadas nesta missão, com armas de fogo prontas para reagir. A capacidade de reação da FAB só será empregada em caso de autodefesa, isto é, se as aeronaves forem atacadas.

A importância do apoio prestado é reconhecida pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. Em entrevista coletiva concedida na tarde do dia 29 de novembro, o Coordenador de Comunicação Social da PMERJ, Coronel Lima Castro, classificou a participação da Força Aérea como “fundamental”. “O apoio da FAB proporcionou a nós progredir no terreno em segurança, tanto para nossos homens como para as pessoas que vivem nessas comunidades”, afirmou o Coronel da PM, que já serviu com militares da FAB em missões da Organização das Nações Unidas (ONU) no exterior.

Conheça as aeronaves

H-1H
Capacidade:
Equipado com arma de fogo, transporta 4 tripulantes e até 9 passageiros ou 6 macas.
Velocidade:
80 nós ou 150 km/h

 

 

H-34
Capacidade:
Equipado com arma de fogo, transporta 4 tripulantes e até 23 passageiros.
Velocidade:
120 nós ou 220 km/h

 

Fonte: III COMAR

(Sítio eletrônico http://www.aer.mil.br)

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!