22ABR.1945, o mais longo dos dias

do Portal da Força Aérea

Em muitas ocasiões, como comandante do 350th Fighter Group, eu fui obrigado a mantê-los no chão quando insistiam em continuar voando, porque eu acreditava que eles já haviam ultrapassado os limites de sua resistência física.” As palavras são do Major General Nielsen, ex-comandante da unidade americana à qual os pilotos da Força Aérea Brasileira (FAB) estavam subordinados na Itália.

O comentário faz parte do pedido para que o Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA) recebesse a Citação Presidencial Americana – apenas três unidades estrangeiras possuem a comenda. Os brasileiros entraram em combate no final de 1944 e participaram, no início do ano seguinte, da ofensiva de primavera – um grande esforço aliado para acabar com o conflito na Europa. Ao mesmo tempo em que conquistavam resultados expressivos, o Grupo de Caça perdia em média três pilotos por mês – média igual à da Força Aérea Americana (USAF), incluindo pilotos abatidos e mortos, desaparecidos e capturados.

Às vésperas do dia 22 de abril, os pilotos brasileiros tiveram de tomar uma importante decisão diante das sucessivas baixas: o 1º Grupo de Caça deixaria de existir, com seus pilotos e mecânicos distribuídos nos demais esquadrões aliados, ou continuariam lutando, com um número maior de voos por dia, arriscando mais a vida, mas como uma unidade brasileira. “Só quem esteve em combate sabe o que é voar mais de uma missão no mesmo dia”, recorda o Major-Brigadeiro-do-Ar Rui Moreira Lima, veterano do Grupo de Caça e autor do livro “Senta a Púa!”. Decidiram lutar mais.

No dia 22 de abril de 1945, num único dia, os pilotos da FAB realizaram 11 missões, na data que simboliza a Aviação de Caça Brasileira.  Voaram duas, até três vezes, em intervalos de poucas horas, sob fogo inimigo e enfrentando grande desgaste físico – um piloto perdia dois quilos em uma missão de duas horas de duração.

Engana-se quem pensa que o esforço acabou ali. Por mais três dias, os pilotos brasileiros voaram dez missões diárias. O 22 de abril é até hoje o Dia da Aviação de Caça.

(Fonte: Agência Força Aérea – http://www.fab.mil.br)

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

ODONTOCLÍNICA de Recife atende adolescentes de comunidade carente

do Portal da FAB

A ODONTOCLÍNICA de Aeronáutica de Recife (OARF) recebeu (16/4) 60 adolescentes do Projeto Esquadrão Asa Branca, entidade apoiada pelo Segundo Comando Aéreo Regional (II COMAR), que atende jovens de 14 a 17 anos das comunidades carentes próximas às Unidades da Aeronáutica em Recife.

A missão contou com a participação dos oficiais-dentistas e Graduados, que realizaram atendimentos odontológicos como profilaxias, orientações de higiene bucal, restaurações e exodontias.

O projeto do Esquadrão Asa Branca é um programa de atividades formativas e técnicas, em oficinas distribuídas nas Organizações Militares, nas áreas de eletromecânica, informática, assistente de saúde bucal, refrigeração, marcenaria, usinagem, auxiliar de escritório, eletricidade entre outras. Os cursos possuem duração de um ano, oferecendo ao jovem capacitação para ingressar no mercado de trabalho. (Fonte: OARF e  http://www.fab.mil.br)

“GRANDES resultados requerem grandes ambições.” Heráclito

UMA FELIZ páscoa a todos e…

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

AERONÁUTICA oferece 96 vagas para controlador de tráfego aéreo

A FORÇA Aérea lançou o edital para o exame de admissão ao Curso de Formação de Sargentos (Modalidade Especial) da Especialidade Controle de Tráfego Aéreo. São oferecidas 96 vagas. As inscrições poderão ser feitas a partir do dia 27 de abril e seguirão até o dia 18 de maio e a taxa de participação é de R$ 60,00. Podem participar do processo seletivo candidatos de ambos os sexos que possuam o ensino médio e tenham entre 18 e 24 anos de idade.

Os candidatos que desejam ser Sargentos Controladores de Tráfego Aéreo devem se preparar para as diversas fases do exame, que contempla: exame de escolaridade (língua portuguesa e inglesa, física e conhecimentos de informática), inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação de condicionamento físico e análise e conferência dos critérios exigidos e da documentação prevista para a matrícula no Curso. A prova escrita acontecerá no dia três de julho. O candidato aprovado irá realizar Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (Modalidade Especial) da Especialidade Controle de Tráfego Aéreo, na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá-SP. O curso tem a duração de aproximadamente um ano e abrange instruções nos Campos Geral, Militar e Técnico-Especializado.

Ao concluir o curso com aproveitamento o aluno será promovido a graduação de Terceiro-Sargento. O salário inicial bruto é de R$ 2.993,76. Para saber mais e inscrever-se acesse o site http://www.fab.mil.br.

(Fonte: DEPENS / portal da FAB)
FAÇAMOS da interrupção um caminho novo; da queda, um passo de dança; do medo, uma escada; do sonho uma ponte; da procura, um encontro” Fernando Sabino

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

FAB ABRE 101 vagas para Saúde e 23 para Engenharia

ATÉ 12 de maio – Profissionais das áreas de Saúde e Engenharia que desejam seguir carreira na Aeronáutica poderão se inscrever para os exames de admissão aos Cursos de Adaptação para Médicos, Dentistas e Farmacêuticos (CAMAR/CADAR/CAFAR) e Engenheiros (EAOEAR), no período de 8 de abril a 12 de maio deste ano.

Ao todo, são 101 vagas destinadas aos profissionais da área de Saúde, sendo 75 para médicos, 20 para dentistas e seis para farmacêuticos, com especialização em diversas áreas. Para os engenheiros, são oferecidas 23 vagas, sendo para Engenharia Civil (6), para Engenharia Eletrônica (2), Engenharia Elétrica (2) e Engenharia Mecânica (5), Engenharia da Computação (6), Engenharia de Telecomunicação (1) e Engenharia Cartográfica (1).

As provas escritas serão aplicadas no dia 19 de junho nas cidades de Belém, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Campo Grande, Porto Alegre, Curitiba, Brasília e Manaus. Para se inscrever,  o candidato deve possuir nível superior, comprovar – conforme especificado nos editais – a formação na especialidade a qual concorre e não vir a completar 36 anos até o dia 31 de dezembro de 2012. O processo seletivo é composto de provas escritas (língua portuguesa e conhecimentos especializados), inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico e análise e conferência dos critérios exigidos e da documentação prevista para a matrícula no Curso.

Se aprovados em todas as fases os candidatos farão o curso no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte (MG), durante 18 semanas. Após a conclusão do curso com aproveitamento, os alunos serão nomeados Primeiro-Tenentes, sendo designados para servir em Organização Militar (OM) da localidade escolhida no ato da inscrição, respeitando a sua classificação no concurso. 

Para a médica intensivista Clarissa Francisca Valdez, que ingressou na FAB em 2010, a possibilidade de servir à pátria e de adquirir conhecimentos de diferentes áreas fizeram com que decidisse ingressar no Quadro de Oficiais Médicos da FAB.

“O que mais me chama a atenção no fato de ser médica intensivista da FAB é não apenas ser médica intensivista. Podemos atuar em outras localidades e em outras áreas, como administração, ensino e logística, o que é muito estimulante. Vejo tais possibilidades como um processo de crescimento e diversificação profissional. Espero também, mediante minha dedicação proativa, poder realizar cursos de especialização nacionais e internacionais para agregar valor à FAB e poder devolver a ela os benefícios deste investimento. Não vejo meu crescimento sem poder retribuir à FAB”, disse.

O edital e o formulário para inscrição encontram-se disponíveis no site http://www.ciaar.com.br/concursos.html. A taxa é de R$ 120,00. Locais das provas: Belém (PA), Recife (PE), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Campo Grande (MS), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF) e Manaus (AM).

Telefones para contato:

SERENS Localidade / UF Telefone Fax

SERENS 1 Belém / PA (91) 3204-9659 (91) 3204-9113
SERENS 2 Recife / PE (81) 2129-7092 (81) 2129-7222
SERENS 3 Rio de Janeiro / RJ (21) 2101-4933; 2101-6015; 2101-6026 (21) 2101-4949
SERENS 4 São Paulo / SP (11) 3382-6109 (11) 3208-9267
SERENS 5 Canoas / RS (51) 3462-1204 (51) 3462-1132
SERENS 6 Brasília / DF (61) 3364-8205 (61) 3365-1393
SERENS 7 Manaus / AM (92) 2129-1736 (92) 3629-1805

(Fonte: DEPENS/CIAAR – http://www.fab.mil.br)

ENQUANTO suspiramos por uma vida sem dificuldades, devemos nos lembrar que o carvalho cresce forte sofrendo ventos contrários e que os diamantes são formados sob pressão.” Peter Marshal

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

OFICIAL faz trabalho voluntário de divulgação da FAB para jovens de escola pública

DESDE agosto de 2010, o Segundo Tenente Especialista em Comunicação Pedro Paulo Alves aproveita as horas de folga para divulgar aos jovens as profissões militares da Força Aérea Brasileira. Com o DVD de Carreiras Militares, folderes e muita obstinação, o militar visita escolas públicas com o objetivo de incentivar os alunos que estão concluindo o ensino médio a ingressarem na carreira militar.

O trabalho voluntário iniciou-se quando o Tenente Pedro Paulo era comandante do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Santos (DTCEA-ST), no litoral paulista. “No ano passado recebi um DVD sobre as profissões militares da FAB. Cheguei em casa verifiquei que era um material muito bem feito e decidi divulgar no efetivo, tanto no Destacamento quanto no Núcleo de Base Aérea de Santos. Quando terminou a divulgação, houve uma procura imediata dos soldados. Eles chegaram e vieram falar que não sabia que o advogado poderia ingressar na Força Aérea, que havia um quadro para Engenheiros”, afirma o militar.

“Então fiquei pensando, se os próprios soldados nossos não têm essa informação, imagine as outras pessoas. Resolvemos fazer um projeto piloto de divulgação desse tema nas escolas. Com a ajuda dos companheiros do efetivo fomos em uma escola oferecendo essa divulgação. Deu certo na primeira, escola, na segunda, então, levamos isso em frente”, complementa.

Até o momento, foram visitadas 9 escolas no Guarujá, litoral paulista, onde o projeto teve início. Mais de mil estudantes já assistiram às palestras ministradas pelo militar. “O resultado tem sido muito positivo”, explica o Tenente Pedro Paulo.

Como foi destacado para trabalhar em Minas Gerais, o militar pretende dar continuidade ao projeto no Estado. “Agora o Foco será divulgar esse trabalho nas cidades do interior”, afirma.

O Vídeo do Guia de Profissões militares, utilizado como base nas palestras ao alunos das escolas, assim como o Guia de Profissões da Força Aérea Brasileira, recém-lançado, podem ser encontrados no Portal da FAB, no endereço eletrônico (www.fab.mil.br).

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

FAB RESGATA sobreviventes do helicóptero que caiu em Roraima

O HELICÓPTERO H-60 Blackhawk do Sétimo Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (7º/8ºGAv) resgatou nesta sexta-feira (8/4) os dois sobreviventes do helicóptero Esquilo, matrícula PT-HNA, que caiu na noite de quarta-feira (6/4) em Roraima. Um dos sobreviventes, o piloto da aeronave, foi conduzido para o Hospital Geral de Roraima. O outro, funcionário da COMARA, permanece na Base Aérea de Boa Vista (BABV) aos cuidados do Esquadrão de Saúde da BABV. “Vamos fazer os exames e esperamos que ele tenha alta amanhã mesmo”, disse o Capitão Médico Fernando Perez.

Ouça as entrevistas com a Tenente-Aviadora Márcia Cardoso, da tripulação do SC-105 que localizou a aeronave acidentada, e com o Tenente Aviador Felipe Bottino, que resgatou os sobreviventes.

Os sobreviventes foram avistados às 15h15 de hoje (8/4) por um avião SC-105 Amazonas do Segundo Esquadrão do Décimo Grupo de Aviação (2º/10º GAv) a uma distância aproximada de 140 km a oeste de Boa Vista. “Nosso grande objetivo é encontrar sobreviventes e esta foi uma grande missão para todos nós”, disse a Tenente Aviadora Márcia Cardoso, uma das tripulantes da aeronave que voou mais de 13 horas até avistar o helicóptero desaparecido. A tripulação acionou, então, o helicóptero do 7º/8º GAv.

“A região era densa. Os sobreviventes estavam acenando com tecidos brancos para facilitar a visualização. Descemos os militares especializados em resgate e as duas pessoas foram içadas via guincho”, explica o Tenente Aviador Felipe Bottino, comandante do Blackhawk. “Um dos sobreviventes disse que estava com dores nas costelas e possuía escoriações. Já o outro aparentava tranqüilidade e estava andando normalmente”, complementa o Tenente Aviador Felipe Bottino.

O Comandante do Blackhawk ainda se emociona ao falar da missão. “Nós treinamos todos os dias para uma ocasião dessa natureza. É uma grande emoção, uma sensação indescritível quando temos a oportunidade de salvar uma vida”, diz o militar.  (www.fab.mil.br — fonte:  Agência Força Aérea)

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

ESQUADRÃO Pelicano tranporta mulher ferida no MS

Esqd Pelicano em ação

O ESQUADRÃO Pelicano, sediado na Base Aérea de Campo Grande, realizou na tarde de sexta-feira (11/03), o transporte da dona de casa Lenir Carneiro de Oliveira, de 72 anos, da fazenda Aguada da Onça, na região de Rio Negro, interior de Mato Grosso do Sul. Lenir sofreu uma queda e havia suspeita de fratura na coluna cervical.

Ouça reportagem veiculada na Força Aérea FM

A fazenda estava ilhada devido as fortes chuvas que têm caído no Estado. O transporte por terra era quase impossível, e a ajuda dos Pelicanos foi fundamental em seu resgate. Foram gastos pouco mais de duas horas entre a decolagem e o pouso na Base Aérea. Lenir foi levada para hospital e seu estado de saúde é estável.

(do site da FAB: http://www.fab.mil.br)

PENSAMENTO do dia: ‘NÃO é porque certas coisas são difíceis que nós não ousamos. É justamente porque não ousamos que tais coisas são difíceis!’ Sêneca

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!