O CASO do Velório!

CHICO Breu, um cara viciado em velório, passa pela porta de um cemitério e vê muitos carros estacionados.

Não resiste e entra para dar uma olhadinha.

Na frente de um grupo de pessoas trajando preto iam sendo carregados três caixões.

Em destaque, logo atrás dos caixões, andava um senhor trajando paletó e com um colete de gesso no pescoço. Chico se aproximou e perguntou-lhe:

— Ei amigo, você sabe quem era esse primeiro?

— Meu sogro. Que Deus o tenha. Fazendeiro… Podre de rico… Dono de milhares de cabeças de gado…

— Ah! E esse segundo? Você sabe quem era?

— Minha sogra. Herdou uma bolada da família… Já era rica antes de casar…

— E esse último, você também conhecia?

— Minha mulher. Que descanse em paz… Única filha, única herdeira, coitada… Morreu…

— Ahh! Entendi agora, você também estava nesse acidente e por isso está usando esse colete de gesso, né?! — concluiu Chico.

 

— Tu és doido?! Eu mandei fazer essa droga para ver se consigo parar de rir.

 

TENHA um bom dia!

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!