SOBRE nomes e homônimos!

DESDE que ingressei na Força Aérea em 1977 convivo com  inúmeros e variados  antropônimos, que no ambiente militar são denominados nomes-de-guerra. Fico a imaginar alguma dificuldade dos responsáveis por definir os nomes-de-guerra dos meninos da minha turma, aproximadamente meio milhar de guerreiros.

Leia também:

https://antoniovalentim.wordpress.com/2017/12/21/sobre-nomes-e-sobrenomes/

O nome a ser escolhido é sempre o menos comum, de forma que não haja na mesma turma dois iguais. Para mim, foi fácil. De Antonio Valentim Moreira, o do meio, Valentim, certamente era o mais raro. Os de nome de origem estrangeira também se destacavam. Muitos passavam a ter o nome duplo — Paulo Antônio — ou com uma letra antes seguida de ponto: F. Silva, P. Antonio. Havia os irmãos Dauma, então um deles, o segundo por antiguidade, passou a se chamar C. Dauma. Os Silva sempre tinham acompanhamento: Da Silva, J. Silva, Silva Santos, Santos Silva, Souza Silva…

Nem sempre o nome combina com as características físicas de seu proprietário. Já vi Negrão ser branco e Moreno não ser mestiço; também conheci o Longo, que era baixinho e Baixo, que tinha perto de um metro e oitenta; Formoso, que não era bonito; e Valente sem tanta coragem. Esquisito mesmo era o Marechal, um simples soldado.

Quando cheguei a Anápolis, cansado do Valentim, tentei o Moreira, que, para mim, soava mais respeitável. Mas havia um outro Moreira, o do DPV, Divino Martins Moreira. Por isso, cumprindo determinação do tenente Wanderlan, voltei a me chamar Valentim, como nos dois anos de Escola, e foi com esse nome que fiquei conhecido durante os próximos vinte e oito anos e até hoje.

Ocorre que um ano depois me chega um xará. Era o Erivaldo Valentim, cujo nome-de-guerra era também Valentim.

Esse meu xará, ao que se sabe e se falava, protagonizou alguns lances, ficando assim bastante conhecido na Unidade, causando alguns comentários desairosos, pois havia se envolvido com a sobrinha de um suboficial, embora fosse casado. Num jogo de futebol de salão alguém diz: “Passa pelo meio dos dois!”. Outro responde com um sorriso sarcástico: “Isso não é possível, só o Valentim consegue”.

Foi por essa razão que um belo dia fui chamado à Seção de Informações. Ao chegar lá acompanhando o cabo Matos, o chefe lhe diz que se enganou: não era eu e sim o outro. Respiro aliviado pois no caminho a mente ia tentando em vão descobrir qual erro havia cometido, ou por qual erro estava indo a justificar.

Havia na Unidade também o famoso major Aldair, especialista em Comunicações, comandante do Esquadrão de Eletrônica, o temido Camisa Dez. Ele também tinha um xará, o sargento Aldair, conhecido por Cachorro.

Uma mulher de reputação duvidosa telefona para a Base procurando pelo Aldair. O telefonista naturalmente transfere a ligação para o Esquadrão de Eletrônica, sala do major Aldair.

— Alô, Aldair! Tu vai ou não vai me pagar, seu cachorro? — vai de saída esbravejando a mulher.

— Ah… como? Não estou entendendo. Deve ser um engano, minha senhora. Eu sou o major Aldair… — tenta esclarecer o major.

— Mas ontem tu era sargento, ó safado! E agora tu é major?

Com muito custo o orgulhoso Camisa convence a mundana de que há mais de um Aldair na unidade e que esse sim deveria estar ouvindo os xingamentos da madame. Depois do episódio manda chamar o xará sargento e determina que ele mude seu nome-de-guerra.

Duas décadas depois em Belém eis que me deparo novamente com outro Valentim. A diferença que este, bem mais jovem, e também fisicamente bem alto e forte. Era inevitável que outros equívocos também ocorressem. E assim foi em relação ao alfaiate, ao mecânico e também a mulheres.

2 comentários sobre “SOBRE nomes e homônimos!

  1. Às vezes começo a conversar com meus botões e no sabor do devaneio entre nós, eles me falam e eu com eles concordo, que a maioria das pessoas que atravessaram na minha vida foram pessoas boas. E esse tal Camisa Dez,,que se eu tivesse continuado na FAB poderia ter atravessado meu caminho, é uma prova real dessa nossa a propositura.

DEIXE um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s