QUARENTA anos de Bye Bye Brasil!

“FLORESTA amazônica. Nunca ouviu falar?” Por duas vezes no filme Bye Bye Brasil, de Cacá Diegues, se ouve essa emblemática indagação. É verdade que muita gente na década de 1970 desconhecia a Amazônia. Por incrível que pareça, até hoje, em pleno século 21, há quem não conheça a imensa Hileia. Também é fato que muitos brasileiros não conheciam – como não conhecem até hoje – o próprio Brasil, ou os diferentes brasis existentes dentro do mesmo país.

Betty Faria, estrela de Bye Bye Brasil (fonte: Internet)

DENTRE a extensa filmografia nacional, para mim um filme merece relevante destaque. “Bye Bye Brasil”, a icônica película de Cacá Diegues, está a fazer quarenta anos, vez que, produzido em 1979, foi lançado ao público em fevereiro de 1980. 

Para nós, paraenses, em particular, creio que a obra se reveste de maior significância, tendo em vista ter sido filmada em Belém, entre outras cidades brasileiras. 

Por essa razão, considerando o quadragésimo aniversário do filme, tomei a iniciativa de produzir um vídeo-documento sobre esse premiado trabalho, que contou com o protagonismo de José Wilker (talvez a seu trabalho mais importante), acompanhado de Betty Faria, Fábio Júnior e Zaira Zambelli.
Bye Bye Brasil está longe de ser apenas mais uma comédia.

O filme vai mais além ao apontar a imensa problemática social que aflige a nossa população humilde. Questões econômicas e sociais que perduram até hoje são habilmente exploradas pelo nordestino Cacá Diegues. Isso tudo, este humilde blogueiro aborda nesse trabalho de vídeo em que, entremeado de imagens cinemáticas e estáticas,e da trilha sonora utilizada no filme, procura demonstrar ao público de hoje (século 21) as situações sofridas por que passam o povo brasileiro, que, infelizmente, estão longe de seu fim.

Continua no canal BLOGUE do Valentim!, do YouTube, a seguir: